Uma menina que ficou indignada com um ateu

Está registrada no livro Histórias de Moody para crianças, a história de uma professora de escola dominical que levara todos seus alunos a Jesus. Essa mulher desafiava as crianças a trazerem outras crianças para a igreja.

Certa vez, uma menina contou para a professora que estava tentando trazer uma criança de uma família conhecida, mas o pai era ateu e não permitia. A menina perguntou: “O que é um ateu?”, ao que a professora respondeu prontamente.

Depois de alguns dias essa menina viu aquele homem, chegou perto dele e perguntou: “Por que o senhor não ama Jesus?”. O homem continuou andando e a menina repetiu a pergunta várias vezes até começar a chorar. Ele afastou-se dela e foi embora. Mas quando chegou ao seu escritório, não conseguia tirar aquela pergunta da mente: “Por que o senhor não ama Jesus?”.

O grande evangelista D. L. Moody conta que o homem:

Achou que esqueceria tudo à noite, quando fosse para casa ficar com a família, contudo não conseguiu. Reclamou que não se sentia bem, depois foi se deitar. Ao colocar a cabeça no travesseiro, aquela voz continuou a sussurrar: “Por que o senhor não ama Jesus?”. Ele não conseguia dormir. O tempo foi passando e, à meia-noite, levantou-se e disse: “Vou procurar uma Bíblia e descobrir onde é que Jesus se contradiz. Então, terei uma razão para não acreditar”. Então, ele abriu o livro de João. Ele leu o livro todo e não encontrou nenhuma razão para não amar Jesus, mas muitas razões para amá-lo. Antes que amanhecesse, já estava de joelhos. A pergunta daquela menina o levou à conversão.

Comments are closed.